A União Europeia em guerra

O estado de guerra no Mediterrâneo Oriental tem tudo a ver com uma ofensiva estratégica do Ocidente para não perder a hegemonia da região do globo que inclui e Europa Ocidental e toda a bacia mediterrânica.

Começou com a Geórgia-Abkásia, depois as primaveras árabes Líbia, Tunísia, Egipto, passou pela Ucrânia, e está agora na Síria.
Trata-se de agitar para descobrir quem são os amigos e os inimigos do Ocidente. Uma vez instalada a anarquia nesses países, o Ocidente apoia a fação que lhe interessa mais e deixa que essa fação massacre seus opositores. Tudo em nome da dilatação da Democracia e do Império (a Democracia substituiu a Fé Cristã neste chavão das cruzadas).

Na Ucrânia e na Síria a coisa fia mais fino… pois estão muito próximas do Grade Urso Polar, a Rússia.

Não tenho a mínima dúvida de que a Al-quaeda é uma realização dos EUA (ou seja, do Ocidente), do tempo em que a Rússia dominava o Afeganistão. E que a Arábia Saudita é um aliado dos EUA (bilhões de petrodólares estão aplicados em empresas Ocidentais pelos príncipes sauditas).

A Grande Batalha vai dar-se tento na barricada de cá todo o Ocidente (Turquia incluída, na mira de dominar o Kurdistão) e na de lá a Rússia, a Síria e o Irão.

Havendo um confronto em larga escala, todos têm bomba atómica, pode ser uma desgraça, mas será uma guerra com muitíssimo menos soldados no teatro de guerra, comparado com as últimas duas. Hoje a guerra é tecnológica, de destruição à distância. Porém, como sempre, ganhará quem tiver efetivos humanos para ocupar os territórios destruídos.

O ISIS é a Arábia Saudita disfarçada. Nenhum sunita combate outro sunita. Daí que o Ocidente queira fazer crer à Russia que existem terroristas bons (que não devem se bombardeados pela aviação russa) e terroristas maus (entre eles o ISIS), afirmando ainda que os terroristas bons não querem tomar o Iraque, mas simplesmente derrubar Bashar Al-assad. A França disse claramente que apoiava esses. Os curdos apoiam Bashar Al-assad na esperança de o terem a seu lado na sua ancestral luta contra a Turquia (o seu partido político na Turquia, o AKK, tem sido ferozmente reprimido pelo regime turco de Erdogan).

A Arábia Saudita ameaçou, recentemente, enviar tropas terrestres para a Síria para combater os terroristas da ISIS (Estado Islâmico) mas, certamente, o que pretende é apoiar no terreno os terroristas bons que transformem o Síria num país sunita, e continuar a apoiar veladamente o ISIS, como fez até agora, na esperança de derrubar o governo do Iraque e de transformar o Iraque também num país sunita.

É natural que isso venha a acontecer, uma vez que isso serve os interesses do Ocidente e este não está muito disposto a meter soldados seus naquele vespeiro.

Os combates estão neste momento centrados em Allepo, a maior cidade da Síria, junto ao Mediterrâneo, muito próximo, por acaso, da base naval russa no Mediterrâneo, Tartus, que fica por sua vez a cerca de 500 Km de Beirute, Damasco, Allepo e… Chipre, numa posição super-estratégica. É a única base que a Rússia tem no Mediterrâneo. Essa base e a da Crimeia são a chave do acesso russo ao Mediterrâneo. Só tendo as duas em seu poder, simultaneamente, faz sentido o acesso ao Mediterrâneo. O Urso Polar não vai deixar cair essas bases em mão inimigas sem dar antes muita luta! Se ganhar essa guerra continua a poder sonhar com uma Europa do Finisterra a Vladivostok. Putin falou nisso há muito pouco tempo…

E tem o apoio das igrejas Católica e Ortodoxa , as quais apoiam a entrada da Rússia na guerra pois essa é a única chance de serem travadas a atrocidades dos jiadistas contra os cristãos da Síria. Os papas Francisco e Kiril encontraram-se há dias em Cuba e discutiram o assunto. Esse apoio parece e é uma crítica às posições que têm vindo a ser assumidas pela política externa da CEE, que vem seguindo cegamente as posições dos EUA. É que a UE costuma assobiar para o lado quando se fala em defender populações cristãs…

[Dinha 16-02-2016]

Anúncios

1 comentário a “A União Europeia em guerra”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s