Castanhas, carregadores de baterias e julgados de paz

MAGUSTE ALGÉS.jpg

Maguste; 13 toneladas

No Conselho de Oeiras houve 13.000 Kg. de castanhas para fazer um magusto de “bodo aos pobres”. Castanhas assadas à borla para toda a gente, munícipes ou não!

Porém é curioso verificar que neste concelho não há postos de carregamento para quem tem carros elétricos, nem julgados de paz para quem quer resolver um conflito com o vizinho, ou com o condomínio…

Oeiras é rica em muitas coisas, mas muito pobre n’outras…

2 opiniões sobre “Castanhas, carregadores de baterias e julgados de paz”

  1. Manel, Aqui há uns anos também fui a um magusto com a Menanda, mas foi em Sto Amaro de Oeiras, só que também tinha agua.p’e.

    toufeito escreveu no dia segunda, 18/11/2019 à(s) 16:51:

    > Manuel Vicente Galvão posted: ” Maguste; 13 toneladas No Conselho de > Oeiras houve 13.000 Kg. de castanhas para fazer um magusto de “bodo aos > pobres”. Castanhas assadas à borla para toda a gente, munícipes ou não! > Porém é curioso verificar que neste conselho não há postos de carregam” >

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.