Corona-V e Aquecimento Global

boing 737 max 8

Com as restrições cada vez maiores às viagens turísticas e outras, principalmente por avião, as emissões de CO2 e NO2 no planeta Terra vão diminuir drasticamente também…

Muitos milhares de aviões de longo curso estão a ficar colados ao chão, com os motores parados. A crise começou com os Boeing 737-Max que estão estacionados no solo (mais de 1.000 aeronaves destas paradas vai para um ano) desde que se descobriu que tinham um defeito de fabrico que pode ser fatal para quem neles viaje… um moderno avião destes queima 32.000 litros de querosene (petróleo de iluminação) de cada vez que voa entre Paris e Nova York. De regresso gasta outros tantos litros!

E as excursões de autocarro também diminuíram drasticamente em zonas aonde a epidemia se instalou… Alguém arrisca ir numa excursão a Itália, de autocarro? Alguém arrisca fazer uma excursão ao Lago Liangzi a partir de Wuhan (nem o deixavam, já que as mesmas não são autorizadas em cidades de quarentena…). Quem se arrisca a fazer um cruzeiro nos tempos que correm? Toda a gente se vai lembrar do navio japonês Diamond Princess, recheado de pessoas infetadas).

navio cruzeiro

De repente, milhões de litros de querosene deixam de ser queimados, todos os dias. E outros milhões de litros de gasóleo ou fuelóleo pesado (o grande responsável pelo gás poluente NO2).

Alterações implementadas pelo homem mas… por medo da morte a curto prazo! Na verdade, o receio de que os nossos filhos e netos não consigam sobreviver num planeta destruído por nós, não nos motiva a arrepiar caminho nas políticas energéticas desastrosas que temos seguido, mas se algo acontecer que nos ameace a vida a curto prazo, nós estamos prontos a  atuar. Egoístas!

Para os religiosos, trata-se da mão de Deus, a dar uma ajudinha na descarbonação do Planeta Terra. Assim se fala na gíria religiosa.

Mas há uma gíria cientifica equivalente, que refere o perigo que é, para a saúde pública, haver grandes conglomerados de zonas habitacionais (Wuhan tem 11 milhões de habitantes, metade de Pequim, 5 vezes mais que Lisboa). Nesses sítios é muito difícil combater uma doença contagiosa, devido à proximidade física entre os seres infetados e os saudáveis. Situação agravada pela grande mobilidade com que um infetado pode deslocar-se na superfície terrestre (10 horas de voo da China à Europa – 8.000 km). Os grandes aeroportos estão sempre junto a grandes cidades.

O Corona-V tem mais poder para cancelar o aeroporto do Montijo que todos os autarcas, ministros e presidente da república de Portugal.
Será por causa dele, Corona, que o aeroporto não se construirá, uma vez que se prevê diminuição drástica de voos aéreos em todo o mundo. E em particular na Europa, que já foi considerada uma região de alto risco na propagação do vírus.

Na fotografia seguinte, da NASA, vê-se aonde, na Europa, se concentra grande quantidade de NO2.

NO2

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.