Arquivo da categoria: Política

COVID E DEMOCRACIA…

Uma coisa é atingir a imunidade de grupo com a curva de infeções pouco inclinada, outra é com uma curva muito inclinada ou até exponencial. Mal comparado, é conseguir descarregar uma barragem cheia, abrindo os descarregadores ao máximo ou descarregá-la dinamitando o muro. Os estragos esperados em um e no outro casos são muito diferentes.

A capacidade de propagação do Covid19 tem muito mais a ver com o nível de mobilidade do ser humano atual do que com alguma característica especial deste vírus. Pelo menos é o que parece se compararmos o volume de transportes aéreos (nº de voos x nº passageiros) de hoje e de há 30 anos atrás, o volume de transportes terrestres em autoestrada, viagens em cruzeiros, etc.

Está a ser, de facto, uma boa oportunidade de testar a resiliência das populações dos países democráticos anglo saxónicos a medidas anti democráticas tomadas pelos governos com a “desculpa” de controlo da epidemia.

Isso até pode ser bom, numa época em que os ventos sopram contra as referidas democracias. As pessoas já se aperceberam que a “Deusa Democracia anglo saxónica” não foi mais que um estratagema dos países que ganharam a guerra do século XX, para se apoderarem das riquezas dos países pouco desenvolvidas tecnologicamente. Esses países foram desapossados das suas riquezas, por compra, de uma forma legal. Porém o impacto social de aumento de pobreza a que essas compras conduziram provocam hoje o descontentamento geral das pessoas. Sem que elas saibam bem porquê, elas querem mudar.

Por isso o advento do Corona vírus pode facilitar a transiçõ de democracias anglo saxónicas para democracias musculadas…

Esperam-nos “Democracias do tipo chinês ou russo”. Atrás de tempos, tempos vêm..

DE COSTAS VOLTADAS

Num passado recente, um país da NATO atacou instalações petrolíferas de outro país da NATO. Foi durante a guerra da Síria. Coisa nunca antes vista. O agressor foi a Turquia, o alvo atingido foram instalações petrolíferas da TOTAL, petrolífera francesa.

Desde então os incidentes sucedem-se:

A França questionou:

  • a legitimidade da pesquisa de gás natural que a Turquia está fazendo no Mediterrâneo Oriental, junto à fronteira da UE.
  • a legitimidade da intervenção armada da Turquia no Líbano.
  • o envio pela Turquia de mercenários da guerra da Síria para Nagorno-Karabakh, em apoio às pretensões do Azerbaijão, contra a Arménia (país de maioria cristã).
  • o silêncio da Turquia quanto ao assassinato em França de um professor, Samuel Paty, por um jovem muçulmano, com requintes de malvadez. Nem sequer um voto de pesar foi recebido no Eliseu.
  • a forma como Erdogan se referiu em público ao presidente francês. Chamou-o de maluco, mando-o ir ao médico…

Desde que o Reino Unido saiu da União Europeia que a França parece querer ocupar o seu lugar no que diz respeito ao poder das armas. No dia seguinte à explosão de grandes dimensões que ocorreu no porto do Beirute. Macron apresentou-se no local, que visitou com altos funcionários franceses e membros do governo libanês. Na forma como falou para as televisões parecia “o dono daquilo tudo”.

Desde que faliram as iniciativas de ocidentalização que ficaram conhecidas por Primaveras Árabes, Recep Tayyip Erdoğan, Presidente da República da Turquia, vende para consumo interno o sonho de restaurar o Império Otomano, com o esplendor de outrora. Isto é:”Islam First”.

São muitos os interesses que França tem para defender; Síria, Líbano, Mali, etc, tudo assuntos a tratar com uma ameaça de fundo comum; o poder islâmico.

https://www.noticiasaominuto.com/mundo/1612491/declaracoes-de-erdogan-sobre-macron-sao-inaceitaveis-considera-borrell

A REACÇÃO CONTRATACA !

Copiado do Blesfémias.org

Desta vez criticam as recentes medidas do executivo que impõem, entre outras coisas, o uso de máscara na rua.

Metáfora imperfeita;
Não se vê nenhum borrego com capacete de mota, nenhum com cinto de segurança de automóvel, nenhum com colete de salvação ou boia, para representarem os borregos que têm respetivamente motocicleta, automóvel, barco.


São três obrigações impostas por lei, que não deveriam existir se fossemos um país livre…

Isto sem falar na carneirada que anda nas obras com capacetes brancos que não servem para nada e com botas de biqueira de aço tão incómodas de usar…

A utilização de EPIs devia ser abolida, ficado a sua utilização ao critério de cada um. Porém, se um dia isso vier a acontecer, o SMS deve recusar tratar as pessoas que não se protegem, e deve mandá-los para os hospitais privados. Aqueles que representam menos Estado na saúde…

OS INIMIGOS DOS MEUS INIMIGOS…

No dia 15 de setembro pp, delegações de Israel e dos Emirados Árabes Unidos (EAU) reuniram-se em Washington, para celebrar um evento histórico: a assinatura do acordo de normalização de relações diplomáticas entre os países. Dias mais tarde o Barain juntou-se ao acordo.

Quando o gato e o rato fazem pactos de não agressão isso pode significar que anda um tigre por perto…

A seta indica o país aonde a China construiu a sua primeira base naval fora do seu território

O tigre pode ser o Irão, associado à Rússia e à China.

Este último já se posicionou construindo uma base naval na região.

Entretanto, na Síria, tropas russas e americanas disputam as riquezas do país. Os primeiros, alegando que foram chamados pelo governo sírio para ajudar na defesa contra agressões externas, os segundos não foram chamados mas estão lá a defender riquezas petrolíferas que, pelos vistos, consideram ser suas.

https://www.dn.pt/mundo/incidente-com-russos-deixa-soldados-americanos-feridos-na-siria-12559533.html

Política & futebol

Com esta cena, suponho que o PS deu um tiro no pé.

As ligações da política ao futebol têm historicamente fama de serem pouco aconselháveis, ainda mais quando o representante do futebol está indiciado de faltas graves do foro cível e criminal.

A adubar esta sementeira de problemas que António Costa está a semear, dá-se o caso de André Ventura, responsável máximo do partido de extrema direita em ascensão “Chega”, não ter aproveitado esta situação para atacar publicamente o PS.

Até parece que o Chega está a ser financiado com dinheiros do futebol…

E, lá dizia a raposa Salazar: “Em política, o que parece, é…”.

O primeiro problema já veio ao de cima; Luís Filipe Vieira despediu António Costa do lugar para onde o tinha convidado !!! Não é um problema de menor importância: O presidente de um clube de futebol despedir um primeiro ministro…

Renda Segura

Com programa Renda Segura, da Câmara municipal de Lisboatodos ganham:
. Ganha o dono do apartamento, porque beneficia de um inquilino (a Câmara Municipal) que lhe paga uma renda aceitável, sem grande probabilidade de entrar em incumprimento e sem andar sempre a ser substituido por outro inquilino (induzindo obras o outras despesas adicionais).
. Ganha a Câmara Municipal, porque aumenta o número de munícipes (residentes) que são consumidores e geram mais receitas para a Câmara, sob a forma de pagamento de taxas & etc.
. Ganha o ambiente porque diminuem os movimentos pendulares diários de entrada e saída em Lisboa. São pessoas que se deslocam de carro, a julgar pelos valores que pagam de renda.
. Ganham os novos residentes porque só com este programa renda-segura conseguem o que tanto desejavam – viver no concelho de Lisboa.
. Ganham os Bancos, pois fizeram empréstimos avultados para recuperação dos imóveis e ficariam mais uma vez com créditos mal parados se os donos dos apartamentos continuassem a não faturar nada, como acontece hoje.

Vândalos do Século XXI

Esta foi em Bristol

Os vândalos de hoje estão a julgar os nossos antepassados de acordo com as leis de hoje. Ora, os antepassados tinham hábitos, costumes e leis, totalmente diferentes das de hoje. Não há nada mais reacionário do que apagar a história. Neste caso, apagar a memória de que existiu racismo.

Os hooligans estão a invadir a política, dando largas à sua necessidade vital de andar à porrada. Viciados em adrenalina que são. O racismo é só mais um pretexto… E uns totós aplaudem à distância…

Também isto aconteceu em Baltimor, ontem. Nada menos que a estátua de Cristóvão Colombo…

Negócios da China…

www.youtube.com/watch?v=m9Uz-9wQsBE&list=PLr4FezHm2oaLCWJgCad3IjeKKcBMwG2xq&index=36&t=0s

O socialismo científico está, afinal, na ordem do dia!
Desde que os acordos do GATT e posteriormente as leis da Organização Mundial do Comercio definiram que os países democráticos de inspiração anglo-saxónica devem comprar as coisas que necessitam aonde for mais barato (regra que é claramente contra os interesses dos países pobres. pois destrói os seus sistemas de produção). Desde que as democracias de países pobres foram obrigadas a criar praças de valores sujeitas às Leis das Bolsas, a concentração de capital no Ocidente assumiu dimensões inimagináveis, gerando trusts poderosos, que são grandes demais para poderem falir e também grandes demais para que os governos tenham poder para os forçar a cumprir as leis do país aonde operam. Isto é a Globalização.
Foram os lucros fabulosos obtidos por grandes empresas no Oriente que fizeram avançar a globalização. Grande parte desses lucros foram obtidos fazendo negócios “da china” com os chineses…
Ingenuamente ou por ganância de lucros fabulosos, os empresários ocidentais deslocalizaram fábricas e respetivas tecnologias para a China, para aproveitar mão-de-obra qualificada( e não qualificada) muito baratas, e quase ausência de impostos.
Se alguém lhes falava no Perigo Chinês, esses empresários sorriam e pensavam nas poderosas armas de guerra que lhes guardavam as costas. Nunca pensaram que seria possível a China ganhar uma guerra com o Ocidente sem ter necessidade de dar um só tiro que fosse…
Bastou um vírus com características de propagação adequadas, e pô-lo a circular, os chineses, quando já tinham na sua posse a vacina que os protegia. Vacina cuja fórmula guardam ciosamente.
Os grandes empresários ocidentais, muitos deles, vão à missa e comungam, mas nunca leram o parágrafo 7-6 do Evangelho segundo S. Mateus.

Digam lá agora, se isto não é uma bela teoria da conspiração…